20/04/2010

Sinto falta...


Hoje quando olho pra trás vejo que tudo que vivi foi intenso e único. Tudo que eu conquistei (carinho) levo comigo até hoje, e com certeza levarei para sempre.
Não lembro exatamente quando e nem porquê comecei a pensar nisso, na falta que os meus amigos (as) fazem... Será que é culpa da TPM? Acho que não...

Os tesouros mais importantes eu guardo à 7 chaves, do lado esquerdo peito, dentro do coração. Por mais que o tempo seja curto, nunca os esqueço. E sei que eles tb não me esquecem. Não tem problema se lembram de mim por ser um pouco chata xP

Os anos do colegial foram inesquecíveis. Principalmente o último. Conseguimos ficar na mesma sala... Esse tempo era bom... E eu sinto falta das conversas, dos conselhos, das risadas (que não eram poucas) dos abraços... Ah os ABRAÇOS! Apareciam espontâneamente e sem motivos. Abraços sinceros e que hoje fazem muiita falta. As noites em que ficávamos em casa pensando que poderiamos estar naquele lugar com aquelas pessoas... Mas nossas mães não deixavam! As tardes sem nada pra fazer, sonhando, imaginando o futuro. Andar de braços dados... Era hábito!

Aqueles momentos ficarão para sempre. Demorei pra me adaptar e senti muito no começo, pois minhas companheiras de TUDO não estavam comigo... Mas fiz novas amizades sim. Amizades que hoje são muito importantes pra mim e que já sinto falta...

E logo logo, com o fim da faculdade vai acontecer a mesma coisa. Não teremos tempo para nos relacionar, os emails vao diminuindo, as saídas e conversas também. Sei que isso é culpa minha, pois devia reservar um tempo para os amigos... Mas ainda não consigo totalmente. Apesar que está melhor que antes. Pelo menos 1 vez por mês nos encontramos. Mas não são todos... Confesso que tentei fazer com que esses hábitos fizessem parte do meu dia a dia agora mas não consegui... Porque será? É a falta de tempo? Vergonha? Falta de intimidade?


Então fica a pergunta:

Porque conforme vamos crescendo essa magia some? Eu não sei responder...

"Se eu tentasse definir o quão especial tu és pra mim

palavras não teriam fim
Definir o amor não dá, então direi apenas OBRIGADA
sei que entenderás
Precioso és para Deus e para mim
se acaso precisar pode contar comigo
Precioso és para Deus e para mim
que a de Deus nos faça ETERNOS AMIGOS"...

5 comentários:

Anônimo disse...

Miga, que lindo... eu tbém nunca esquecerei daquele tempo. Sei que nos vemos e conversamos pouco agora, mas saiba que vc está em meu coração e em meus pensamento sempre, amiga especial! Creio q o principal para nos vermos pouco é o tempo, a correria dessa vida de adulto, mas minha flor, independente de quantas vezes nos vermos, continuo te amando cada vez mais!! Bjuss, Vanessa

Anônimo disse...

Minha amiga verdadeira, minha afilhada!!

Por mais que não nos vemos muito, mais vc sabe o quanto és importante para mim!
Meu porto seguro, quantas vezes vc Jaque foi a unica pessoa que soube de muitas coisa que aconteceram na minha vida, só vc amiga me amparou em muitas decisões, nossa amizade é verdadeira!
Pode passar o tempo que for, toda vez que te encontrar irei te tratatar como a minha amiga querida, sem vergonha alguma, pq sei que com vc posso contar todas as horas!!

bjus minha linda amiga!!

vc sempre terá o seu espaço reservado do lado esquerdo do meu peito!!

te adoro d +++, e o lha fiquei muito emocionada com as palavras parece que estava revivendo o passado!!

bjus
Dag sua eterna amiga!!

Juliana. disse...

Eu tenho tanta saudade de tempos da infância e adolescência, tudo era mágico, como era, as amizades mais ainda presentes pq queriamos tudo e ao mesmo tempo, era tão bom, tão intenso, amigos por perto sempre, momentos inesquecíveis, bom neh relembrar!
Um beijo Jaque!

Carolina disse...

Entendo bem o que você fala, mas acho que a magia não some, mas as perspectivas é que nos faem mudar. Claro que a frequência de encontro entre amigos diminui conforme as nossas agendas enchem, mas nada morre se fizermos um esforço para cultivar o que nos é importante. Temos que estar atentos, vigilantes para que o que é bom na nossa vida permaneça, mas requer atenção e muito querer da nossa parte.
Um beijão

Michele disse...

Realmente, Jaque! Deixamos todas essas coisas boas irem sumindo com o tempo... Não sei exatamente porque... Acho que um pouco por falta de tempo. Ou porque priorizamos algumas áreas de nossa vida e deixamos de lado outras, infelizmente. Como você disse, deveríamos dedicar mais tempo às nossas amizades, mas confesso que só consigo fazer isso com uma amiga em especial que também conheci na faculdade. Desde a faculdade estamos sempre juntas. Até o mesmo emprego conseguimos, então sempre a via. Agora que saí do hospital, frequentemente nos ligamos. Mas não por obrigação. É por falta mesmo... por saudade de contar as novidades, de ouvir sobre a outra pessoa. Amizades assim são valiosas demais. E é muito bom quando as encontramos e conseguimos mantê-las em nossas vidas!

Um beijo bem grande, querida!